PM apreende submetralhadora e fuzis em residência na Capital

37 0

Um homem de 32 anos, que não teve a identidade divulgada, foi preso por suspeita de fazer parte de uma fação, na tarde dessa terça (27), no Residencial Jamil Boutros Nadaf, em Cuiabá.

 

Na casa, os policais militares encontraram seis fuzis, uma submetralhadora, espingarda, 18 carregadores, 242 munições e mais de R$ 3 mil em dinheiro.

O suspeito era monitorado há 45 dias por policais da Agência Local de Inteligência (ALI), por conta de denúncias. No período, ele foi visto entrando e saindo várias vezes do imóvel, que está desocupado.

Por volta das 15h dessa terça (28), os policiais receberam mais uma denúncia: o homem tinha mandado que duas pessoas desenterrassem as armas e deixasse dentro do imóvel.

Com apoio do Grupo de Monitoramento Especial (GAP), a equipe da ALI esperou o suspeito, que é dono de uma distribuidora, deixar o estabelecimento para fazer a abordagem.

 

No carro dele, os policiais apreenderam R$ 3,4 mil e uma espingarda de chumbinho calibre 5.5.

 

A equipe perguntou ao suspeito sobre a casa que ele frequentava, mas ele disse que não conhecia ninguém do bairro.

 

Na residência, a PM apreendeu cinco fuzis calibre 762, 30, 556; uma submetralhadora 9mm, espingarda, 18 carregadores e 242 munições dos mesmos calibres das armas apreendidas.

 

O Bope foi acionado após as equipes localizarem um tonel, onde o suspeito confessou que havia retirado há dias atrás uma certa quantidade de drogas, mas nenhum entorpecente foi encontrado pelos cães farejadores.

 

Além das armas de grosso calibre, a PM apreendeu cinco máscaras (tipo balaclava) e pares de luvas. De acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, o homem seria gerente de uma organização criminosa na região.

Imagem: Reprodução

O suspeito foi conduzido e entregue para a Polícia Civil. 

Post Relacionado