Advogado “manda” abrir prostíbulo, dona se recusa e chama a polícia em MT

32 0

Um advogado, que não teve a identidade divulgada, foi preso na madrugada deste domingo (3) após causar tumulto e ameaçar policiais militares em uma casa de prostituição na região central de Rondonópolis (a 220 km de Cuiabá).

De acordo com o boletim de ocorrência, o homem chegou no local embriagado e exigindo para que fosse atendido. O caso ocorreu por volta das 4h40.

No entanto, ao ser informado de que o estabelecimento estava fechado, ele passou a gritar dizendo que era advogado. Diante da situação, uma guarnição da Polícia Militar foi acionada para conter o suspeito.

Os militares deram ordem para que o homem deixasse o local, porém ele não obedeceu e tirou do bolso o registro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) dizendo que “eles não sabiam com quem estava mexendo”.

O suspeito então foi detido e encaminhado à delegacia para registro da ocorrência.

O caso será investigado.

Imagem: Reprodução

Post Relacionado