Mauro confirma ter sido informado sobre Neri ir a Senado, mas nega já ter declarado apoio

58 0

O governador Mauro Mendes (DEM) confirmou que foi comunicado sobre a decisão tomada pelo MDB de que caminharia junto ao PP e PSD para que o deputado federal Neri Geller (PSD) seja o candidato do grupo ao Senado, nas eleições de 2022. O anuncio foi feita na semana passada, quando o chefe do Executivo estadual recebeu em seu gabinete o deputado Carlos Bezerra (MDB), o senador Carlos Fávaro (PSD) e o próprio Neri.

Apesar do comunicado, Mauro garantiu que não tratou sobre seu apoiou ou não ao grupo que está se formando. É que o democrata mantém o compromisso de tratar sobre as próximas eleições, e a possibilidade de ir à reeleição, só no próximo ano.

“Considerei bastante respeitosa a posição dos partidos, fizeram uma definição interna, eles têm autonomia, obviamente, eu não tenho nenhuma autonomia sobre nenhum partido, e quando eles tomaram essa decisão vieram me comunicar, porque os três fazem parte da nossa base. Fui gentil, recebi a informação e não passou disso, foi um comunicado, eu considerei como bastante elegante o gesto que eles fizeram”, disse, em conversa com a imprensa nesta segunda-feira (25).

Apesar de não confirmar apoio, muito menos candidatura, Mauro é cobiçado não só por Neri. O senador Wellington Fagundes (PL) é outro que demonstra interesse em ser o candidato ao Senado no mesmo palanque que o governador, tanto é que apesar de ter sido oponente nas eleições de 2018, tem participado cada vez mais das entregas e eventos organizados pelo Palácio Paiaguás.

Neri, no entanto, tem fé na retribuição de Mauro, já que faz parte da base do democrata desde que ele foi eleito. Além disso, o grupo também esteve unido nas eleições suplementares ao Senado, que no ano passado elegeu Fávaro para a vaga da senadora cassada Selma Arruda (Podemos).

Fonte: Olhar Digital

Post Relacionado