Apesar de MDB declarar apoio a Neri, Janaina reitera parceria com WF e diz que tentará mudar posição do partido

51 0

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) declarou seu apoio a uma pré-candidatura de Wellington Fagundes (PL), seu sogro, à reeleição no Senado. A executiva estadual do MDB já declarou seu apoio à candidatura de Neri Geller (PP) ao mesmo cargo. Janaina, porém, afirmou que não desistiu de conquistar o apoio do partido à candidatura de Wellington.

Na semana passada Neri Geller participou de uma reunião no Palácio Paiaguás com representantes do MDB, PSD e DEM. Na ocasião o deputado Carlos Bezerra (MDB) confirmou que o partido caminha para apoiar a pré-candidatura do colega de Legislativo Neri Geller ao Senado. Apesar disso, Janaina disse que seu apoio é à candidatura de Wellington Fagundes e que o assunto ainda não está encerrado no partido.

“Lógico que eu vou apoiar o senador Wellington Fagundes né? Eu já tinha dito isso dentro do partido. Vejo que o partido, como sempre, vai ter uma discussão muito longa sobre esse tema. […] vai acontecer até no ano que vem, até a convenção a gente vai continuar fazendo um trabalho dentro do partido. Porque é na convenção que é legitimado”, afirmou q deputada.

Janaina disse que encara com naturalidade a atuação de Bezerra, o presidente do partido, em busca de solidificar o apoio do MDB a Neri, assim como ela também pretende conquistar o apoio do partido à candidatura de Wellington.

“Ele vai fazer um trabalho, como está fazendo já, para ser coligado junto ao PP, porque ele entende que o partido já tem uma afinidade. Eu encaro isso com naturalidade, e eu sei que a única arma de convencimento com o Bezerra é política. Então [tenho que] fazer esse trabalho dentro do partido, não vou jogar a toalha e desistir de conquistar o apoio do MDB à candidatura do Wellington. Acho que ainda tem muita coisa para acontecer, nós temos as federações, as composições partidárias […] Tem muito tempo ainda até os prazos das convenções”.

A parlamentar ainda disse que a candidatura de Wellington deve ser ao Senado, e não ao Governo, como foi nas eleições de 2018. O presidente Jair Bolsonaro foi convidado oficialmente a se filiar ao PL, partido de Wellington. Com a vinda do presidente, vem a expectativa de que o partido receba mais votos. Janaina afirmou que já conversou com Wellington e, independente da vinda de Bolsonaro ao PP, o senador irá buscar a reeleição.

“Eu acho que hoje é natural ele ser candidato a senador. […] Não sei quais são as pretensões do presidente, mas o que eu tenho visto são os partidos mais preocupados em eleger senadores e federais do que governadores. E ele gosta de ser senador né? Esses dias estávamos conversando sobre isso e ele comentou comigo, falou ‘olha eu não me vejo hoje fazendo outra coisa’, então não acredito que isso possa acontecer”.

Fonte: Olhar direto

Post Relacionado