Homem que matou namorada transexual com facada no pescoço é preso um dia depois de se entregar à polícia em Cuiabá

54 0

Um homem de 31 anos, que não teve o nome divulgado, foi preso na quinta-feira (28), um dia depois de se entregar à Gerência de Polinter e Capturas da Polícia Civil, confessando ter assassinado a  ex-namorada, em Mato Grosso do Sul. A prisão foi cumprida em uma chácara, na região da Ponte de Ferro, em Cuiabá. Como contra ele não havia mandado, ele foi liberado no primeiro momento, até que a ordem judicial fosse expedida.

No dia 14 de outubro, após uma discussão com a namorada, motivada por ciúmes, o investigado atingiu com um golpe de faca a transexual Stefany Ferreira, 38 anos, causando um ferimento no pescoço que a levou à morte. Após cometer o crime, ele pegou uma motocicleta da vítima e fugiu de Cassilândia (MS) em direção à rodoviária, onde comprou uma passagem e retornou a Cuiabá.

Na quarta-feira (27), o investigado procurou uma unidade policial da Capital, junto com sua família, para se entregar. Ele foi encaminhado à sede da Polinter, onde foi ouvido e confessou o crime, cometido no dia 14 de outubro contra sua, até então, namorada.

Após o depoimento, o autor do homicídio foi liberado pela Polinter, uma vez que ainda não havia mandado e prisão expedido pela Justiça de Mato Grosso do Sul e estava fora do período de flagrante. O depoimento foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil de Cassilândia, onde ocorreu o crime.

Nesta quinta-feira à tarde, a Polinter recebeu o mandado de prisão contra o investigado e a equipe do Núcleo de Capturas efetuou o cumprimento. O investigado foi encontrado na casa dos pais.

Após a prisão, o investigado foi encaminhado à sede da Polinter e depois passará por audiência de custódia da Justiça. Posteriormente, deve ser recambiado a Mato Grosso do Sul.

Fonte: Olhar Direto

Post Relacionado