Com faixas, oposição pressiona pela provação de processo para cassar Emanuel Pinheiro

50 0

Atualizada às 8h55 – Oposição já começou a pressionar pela aprovação da proposta de abertura da comissão processante contra o prefeito afastado Emanuel Pinheiro (MDB). A votação acontece na sessão desta terça-feira (9), na Câmara de Cuiabá.

 

Apesar de marcada para às 9h, desde as primeiras horas da manhã, manifestantes já começaram a fazer intervenções na porta do prédio, com cartazes pedindo ‘Fora Paletó’, ‘Cassação Já’ e até uma provocação: ‘Vão passar pano?’

 

Vereadora Michelly Alencar (DEM), oposição do governo, informou que é muito importante a participação popular na votação de hoje. “A gente chega e já se depara com essa manifestação. A população está de olho e têm que ficar atenta sim. Especialmente no posicionamento do seu vereador, para saber se ele se preocupa ou não com a vida das pessoas. Por isso, preste bem atenção no sim ou no não do vereador que vai votar aqui hoje”, disse.

 

Já o vereador Sargento Vidal (PROS) explicou que não é contra a abertura do processo de cassação. “Nunca fui a favor da corrupção. Sou contra a forma como está sendo feita. O processo tem que ser justo. O cidadão tem direito ao processo legal. Se mais tarde forem comprovadas as denúncias investigadas pelas autoridades policiais, eu estarei ao lado da população sempre”.

 

O vereador Diego Guimarães (CIDADANIA) declarou à imprensa que espera que nesta sessão o presidente da casa, Juca do Guaraná, cumpra com a legislação e coloque em votação a abertura da comissão processante.

 

“Eu acredito que essa comissão possa ser aprovada. Tem um movimento de 7 a 9 vereadores que querem se declarar independentes a partir de agora. Já conversei em particular com dois deles, que afirmaram que o grupo está debatendo e vão se posicionar hoje. Espero que a maioria presente vote para abrir o processo de cassação”.

Fonte: Gazeta Digital

Post Relacionado