Pai que torturava e agredia o filho morre baleado pela PM durante ação

49 0

Mackson Domingo Viana, 30, morreu após apontar uma arma para equipe da Polícia Militar, durante o atendimento de uma ocorrência envolvendo tortura, agressão e maus tratos contra o filho dele, uma criança de 10 anos, que tinha vários ferimentos pelo corpo.

 

De acordo com as informações apuradas pelo GD, polícia foi acionada por volta das 13h30 para atender o caso no bairro Jardim Girassol, em Campo Novo do Parecis (396 km ao Noroeste de Cuiabá). A denúncia narrava que um menino de 10 anos foi espancado pelo pai e que as agressões estavam ocorrendo de forma corriqueira.

 

Quando os policiais chegaram na casa da família, chamaram pelo pai do menino, que demorou para aparecer. Foi necessário pular o muro da casa, onde o suspeito foi flagrado com uma arma.

 

Foi ordenado para que ele soltasse a arma, o que não foi obedecido. Diante do risco, um dos policiais disparou contra Mackson, que ferido, foi socorrido e encaminhado para uma unidade de saúde. Ele não resistiu e acabou morrendo.

 

Policiais apreenderam a arma e descobriram que, na verdade, se tratava de um simulacro.

 

Maus tratos confirmado

Equipe encontrou a criança na casa de uma testemunha. Ele tinha várias lesões pelo corpo e uma delas ainda estava sangrando. Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar o caso e o menino foi levado para o Pronto-Socorro da cidade.

Fonte: Gazeta Digital

Post Relacionado