Com vagas em VG, IFMT abre concurso para contratar técnicos administrativos

74 0

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT) abriu concurso público para contratação de servidores para atuarem na área administrativa.

De acordo com o edital, ao todo estão abertas 10 vagas para preenchimento imediato, para lotação nos seguintes campis: Várzea Grande, Alta Floresta, Confresa, Tangará da Serra, Guarantã do Norte, Lucas do Rio Verde, Sorriso e na Reitoria.

Os cargos são para assistente em administração (4) – exige ensino médio; administrador (1) – exige graduação em administração, administração pública ou tecnologia em gestão pública; técnico em enfermagem (1) – exige ensino médio profissionalizante ou médio completo, mais curso técnico em enfermagem e registro no conselho competente; técnico em contabilidade (1) – exige ensino médio profissionalizante na área ou ensino médio completo e curso técnico na área; técnico de laboratório na área de eventos (1) – exige ensino médio profissionalizante na área ou ensino médio completo e curso técnico em eventos; analista de tecnologia da informação (1) – exige graduação em curso superior na área; bibliotecário – documentalista (1) – exige graduação em biblioteconomia ou em ciências da informação.

Os salários serão de R$ 2.446,96 para nível médio e técnico e de R$ 4.180,66 para superior, além de auxílio-alimentação de R$ 458,00, auxílio pré-escolar de R$ 321,00, no caso de o servidor possuir filhos menores que seis anos de idade, auxílio-saúde, auxílio-transporte e incentivo à qualificação.

Os interessados podem se inscrever a partir do próximo dia 03 de janeiro no site do IFMT. As inscrições seguem até 23 de janeiro. As taxas são de R$ 140,00 para os cargos que exigem nível médio/técnico e de R$ 160,00 para os cargos de nível superior.

A prova do concurso será aplicada no dia 13 de março de 2022, nos locais que serão ainda informados. A divulgação do gabarito preliminar da prova será feita no dia 14 de março.

O prazo de validade do concurso é de um ano, contado a partir da publicação da sua homologação no Diário Oficial da União, podendo ser prorrogado por igual período.

Fonte: Vgn Notícias

Post Relacionado